Reviews

ASUS Zenfone 2: Análise e Review do primeiro smartphone com 4GB de RAM

Antes de iniciarmos a nossa Análise/Review sobre o ASUS Zenfone 2, vamos comentar um pouco sobre o aparelho. O dispositivo foi uma das principais novidades anunciadas durante a CES 2015, sendo revelado como o primeiro smartphone a oferecer suporte para 4GB de memória RAM trabalhando em conjunto com um poderoso processador 64-bits.

Existem diversas características que chamam atenção no Zenfone 2, entretanto, a que mais vai se destacar entre elas será o preço do dispositivo flagship da fabricante taiwanesa. Nós do Mobile Bit recebemos o dispositivo da ASUS Brasil com bastante antecedência para análise, e posso dizer que o tempo que passei com o aparelho para teste foi incrível, o smartphone e seus recursos garantem uma excelente experiência de uso.

Como todos os smartphones, o Zenfone 2 possuí pontos positivos e também negativos — apesar dos pontos negativos serem bem inferiores aos positivos (bem inferiores mesmo). Nesse artigo vou destacar pontos importantes a respeito do smartphone, que devem ser levados em consideração na hora da compra, apesar de que isso vai depender da necessidade e do que o usuário está procurando em um dispositivo móvel.

Logo abaixo você poderá conferir nossa Análise/Review do smartphone Zenfone 2, esperamos que você tire proveito do conteúdo e não esqueça de comentar e dar aquele like/compartilhamento de incetivo!

[section label=”Design” anchor=”design”]

Zenfone 2 – Design

Vamos iniciar falando da parte visual do dispositivo da ASUS, esse particularmente é o segundo smartphone da companhia que tive a chance de usar e assim como ocorreu no uso do Zenfone 5, o ASUS Zenfone 2 é muito confortável durante o uso.

O smartphone foi construído usando plástico, mas é possível perceber que a linha de Design usada foi muito bem definida, os materiais usados no aparelho podem ser justificados para ajudar em um fator que é levado bastante em conta em nosso país: o Preço.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O ASUS Zenfone 2 possuí uma linha de design bastante luxuosa, o visual é um dos pontos fortes do smartphone (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Eu posso dizer que é muito difícil não relacionar a parte visual do Zenfone 2 com o LG G3, isso por conta da ausência dos botões nas laterais, a entrada micro USB OTG e o microfone da parte inferior.

Já no topo do aparelho temos uma entrada para os fones de ouvido a esquerda, o botão para ligar o smartphone no centro e a direita um microfone para cancelar os ruídos, mas o destaque fica por conta dos botões de volume localizados na parte traseira do aparelho, logo abaixo do sensor da câmera e do flash LED duplo, o que facilita bastante o manuseio do dispositivo com uma mão — apesar que no começo você demora para se acostumar com essa mudança.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O LED Real Tone se localiza logo acima do sensor traseiro de 13 megapixels, e logo abaixo estão os botões de volume, a traseira que dá a impressão de aço escovado é muito bonita (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

O Zenfone 2 dá a sensação de conforto enquanto você segura o aparelho em suas mãos, mesmo sendo um pouco mais pesado que o Zenfone 5. Para ligar o aparelho você terá que mudar um pouco a posição (caso esteja usando apenas uma das mãos), já que o botão de ligar se localiza na parte superior do dispositivo, mas se você está usando as duas mãos será ainda mais fácil.

O recurso de ativar e desativar a tela com dois toques também está presente no Zenfone 2, e vai fornecer uma certa comodidade, pois você não terá que ficar apertando o botão para desligar a tela do aparelho.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Os botões capacitivos não são iluminados, e isso pode ser um ponto negativo pra alguns usuários (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Na parte da frente do dispositivo é possível perceber de cara que os Botões Capacitivos (localizados na parte inferior) não são iluminados, e isso pode ser considerado um dos pontos negativos no aparelho. O smartphone possuí bordas um pouco mais grossas do que os aparelhos disponíveis no mercado, principalmente se compararmos com os da Sony, mas isso não tira a beleza do dispositivo que chegará ao mercado nas cores Branca, Preta, Dourada, Cinza e Vermelha.

[section label=”Tela” anchor=”tela”]

Zenfone 2 – Tela

O ASUS Zenfone 2 vem equipado com uma tela de 5,5 polegadas IPS LCD com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) com uma densidade de 401 pixels por polegada, se comparado aos principais smartphones high-end do mercado a tela do aparelho traz uma qualidade bastante satisfatória, tanto é que durante o tempo que utilizei o aparelho não foi possível identificar pixels na tela do dispositivo (como ocorrem com alguns aparelhos do mercado).

A ASUS traz a opção de você selecionar o “Modo de cor de tela” por meio do aplicativo nativo Splendid, nele é possível personalizar a Temperatura de Cor do seu Zenfone 2. Também existem três modos de cores de tela: O Balanço, Filtro de Luz Azul e Vívido.

asus-zenfone-2-analise-review-tela

No aplicativo nativo Splendid, existem três modos de cor de tela e a opção para personalizá-la (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

No modo Balanço as cores da tela se tornam um pouco mais fortes, tanto é que na imagem do pote de amoras a cor vermelha ganha um pouco mais de intensidade se comparado ao modo Filtro de Luz Azul, onde as cores se tornam um pouco mais “frias”. Já no modo Vívido as cores ganham uma maior intensidade, e por essa razão esse foi um dos meus modos favoritos, ao qual eu utilizei durante bastante tempo pois trazia cores bem agradáveis.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

A tela do ASUS Zenfone 2 é FullHD com uma densidade de 403 pixels por polegada, sem dúvida uma tela de alta qualidade. (Foto: Divulgação/Mobile Bit)

O aproveitamento da tela no ASUS Zenfone 2 é de 72%, como é de se esperar a tela oferece uma resposta ao toque bastante rápida, está presente um revestimento contra impressões digitais que vai reduzir a fricção entre os dedos e a tela em 30%, essa camada irá revestir o Gorilla Glass 3 que oferece uma resistência superior a danos na tela do smartphone, por conta de tantos diferenciais a experiência de uso da tela touch se mostra bastante suave e agradável.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Apesar da tela possuir uma boa visibilidade, quando recebe luz direta do sol existe uma certa dificuldade em visualizar as aplicações, mesmo com o brilho no máximo (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

A visibilidade em ângulos inclinados se demonstrou muito boa, inclusive é um dos pontos positivos para usuários que procuram essa característica. O brilho máximo do display chegou a 400 nits, entretanto, quando você usa o dispositivo recebendo luz direta do sol, a tarefa se torna um pouco mais difícil, mesmo o brilho do aparelho estando no máximo.

[section label=”Câmera” anchor=”camera”]

Zenfone 2 – Câmera

Agora vamos falar a respeito da câmera do smartphone, que inclusive é um dos pontos fortes do aparelho que vai ganhar alguns acessórios para auxiliar na hora de tirar fotos. A câmera traseira do ASUS Zenfone 2 traz exatos 13 megapixels com uma abertura de foco de f/2.0 para capturar fotos em alta resolução com um atraso de zero do obturador, a resposta de disparo se demonstrou bastante veloz, e esse foi um dos pontos que eu comentei que precisavam de melhorias no Zenfone 5.

A tecnologia PixelMaster se torna um diferencial, pois otimiza a qualidade de luz e os detalhes nas imagens capturadas em ambientes com pouca iluminação. O software nativo da câmera se demonstrou bastante completo, existindo um modo de Pouca Luz que utilizará uma tecnologia que combina a informação luminosa de múltiplos pixels capturando imagens até 400% mais claras durante a noite ou em situações de pouca luz, sem que seja necessário utilizar o flash do aparelho.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Foto tirada com o ASUS Zenfone 2 usando o modo de pouca luz a noite (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Neste ponto gostaríamos de ressaltar que a ASUS já lançou um aparelho na mesma faixa de preço que o Zenfone 2, com câmeras bem melhores, porém, menos potente: O Zenfone Selfie, você pode conferir a análise dele no link que leva seu nome.

Mas caso seja necessário o uso do flash, o Real Tone do ASUS Zenfone 2 se mostrou muito efetivo, as duas lampadas de cores diferentes garantiram um melhor equilíbrio de luz nas imagens, com os tons de pele e cores bastante precisas.

Também existe o modo manual para aqueles que estão procurando um controle detalhado sobre os ajustes da câmera, como ISO, velocidade do obturador e etc. Com esse modo você tem uma experiência similar á de uma câmera DSLR em um smartphone, nesse caso tivemos algumas divergências em nossa equipe, alguns membros concordaram — já outros não.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Modos de câmera presentes no ASUS Zenfone 2 (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

O sensor frontal de 5 megapixels também possuí a tecnologia PixelMaster, que vai otimizar as imagens tiradas em ambientes com pouca luz. É necessário ressaltar que os sensores foram fabricados pela Toshiba e possuem uma lente angular de 86º — diferente de alguns aparelhos do mercado que alternam entre 66 e 72 graus, na pratica isso possibilidade que o smartphone pegue um ótimo campo de visão utilizando o sensor frontal e o traseiro.

Dou destaques para os modos de Super Resolução/HDR/Pouca Luz/Embelezamento e Profundidade de Campo, que se demonstraram muito uteis na hora de tirar fotos. Por exemplo, o Super HDR captura imagens com até quatro vezes mais contraste, brilho e cor.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O ASUS Zenfone 2 possuí uma câmera traseira de 13 megapixels com flash Real Tone (Foto: Divulgação/ASUS)

Um ponto interessante é que para capturar imagens não é necessário tocar na tela, basta você pressionar o botão para diminuir o volume que a foto será tirada, tornando o processo bem mais prático e confortável.

A ASUS disponibilizou dois acessórios que vão auxiliar na hora de tirar as fotos: O LolliFlash e o ZenFlash. Até o momento só tive oportunidade de ter em mãos o LolliFlash, mas já pude ver o ZenFlash em ação e irei comentar um pouco mais desses acessórios.

ASUS LolliFlash

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O acessório LolliFlash como o nome já sugere, vem em uma forma de “pirulito”, o dispositivo é um dual-tone LED para os smartphones. Seu objetivo principal é auxiliar o smartphone a tirar auto-retratos por meio do sensor frontal do aparelho como se fosse um LED portátil, possuindo três níveis de iluminação: um fraco, um médio e um mais forte.

O LolliFlash também possui alguns filtros nas cores Rosa e Azul e qualquer smartphone poderá utilizá-lo, bastando encaixá-lo na entrada para fone de ouvido. Ele também possuí uma bateria, que pode ser recarregada pela entrada pela entrada USB OTG.

ASUS ZenFlash

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

o acessório da companhia taiwanesa é um Xenon Flash Dongue e pode ser conectado ao smartphone por meio da entrada USB OTG. Utilizando esse acessório que só poderá ser usado no smartphone Zenfone 2, será possível tirar fotos com flash profissional, já que o acessório brilha bem mais que o habitual flash LED presente nos smartphones, ele é cerca de 100x mais intenso.

Além disso, após conectar o ZenFlash na entrada USB OTG, será necessário baixar o aplicativo ZenFlash disponível na Google Play Store, dessa forma a interface da câmera vai mudar para algo ainda mais profissional.

[section label=”Áudio” anchor=”audio”]

Zenfone 2 – Áudio

Por fim chegamos a qualidade de áudio, e já vou adiantar a vocês que poderia ser melhor, principalmente quando usamos o alto-falante. A parte de áudio sabemos que já é uma reclamação vinda desde o Zenfone 5, e é necessário entender que isso realmente tem um motivo, a redução do custo em torno do aparelho.

Quando utilizamos o aplicativo nativo do Zenfone 2 para escutarmos músicas, no menu do Equalizador existem algumas equalizações já definidas e você também pode personalizá-las. Mas apesar disso não ocorreu uma melhora bastante significativa na qualidade do áudio a ponto de surpreender, principalmente se compararmos com dispositivos como o Samsung Galaxy S6 Edge ou o Sony Xperia Z3.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Agora se comparado com o Zenfone 5 o volume do áudio aumentou, mas dependendo da maneira que você posiciona o Zenfone 2 poderá escutar a música com certa dificuldade. Apesar de todas essas críticas, os fones de ouvido Zen Ear se mostraram bem confortáveis e com uma boa qualidade de áudio, mesmo não comparando com os dispositivos citados anteriormente.

Pressionando o botão no Zen Ear é possível “pausar” e dar “play” e se o usuário pressionar duas vezes rapidamente, conseguirá trocar a faixa. O microfone também está embutido no fone de ouvido, e consegui realizar uma chamada sem problemas utilizando o acessório.

[section label=”Software” anchor=”software”]

Zenfone 2 – Software

O Zenfone 2 roda o sistema operacional Android 5.0 Lollipop nativamente, e somada com a atualização para corrigir a falha Stagefright, que trouxe uma série de melhorias bastante significativas, podemos dizer que esse é um dos pontos fortes do dispositivo.

A interface customizada ZenUI foi completamente reformulada para se adequar as características do Material Design, e isso a deixou ainda mais bonita e intuitiva, o grande diferencial da ZenUI se comparada a outras interfaces é que ela é totalmente personalizável e recebe atualizações com muita frequência, muita frequência meeesmo.

Eu acompanhei a evolução da ZenUI desde o KitKat no Zenfone 5 e se faz necessário ressaltar que ocorreu uma grande evolução na interface customizada, tanto na parte de Desempenho quanto na parte visual, talvez pela característica da nova diretriz visual que a Google está impondo ao Android Lollipop, que está sendo ainda mais colorido do que as outras versões.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

A interface ZenUI do ASUS Zenfone 2 (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Especificamente na Barra de Notificações e no menu de atalhos rápidos, podemos perceber que as animações do Material Design não estão presentes, e sim algo ainda mais simples e bonito. É possível definir quatro funções fixas que ficarão no topo dos menu de atalhos rápidos, que no nosso caso é a Laterna, Intensificar, Calculadora e Captura de Ecrã. Também estão presentes algumas configurações rápidas que facilitam e muito o uso do dispositivo.

Também temos uma série de recursos interessantes disponíveis, com o modo a Utilização com uma mão, ao qual você poderá controlar o tamanho da tela para facilitar o uso do aparelho com apenas uma mão. Outro recurso importante dentro do ZenMotion/Gesto por Toque é o de ativar e desativar a tela com apenas dois toques sobre a mesma, isso evita do uso constante do botão power para ficarmos desligando o display do aparelho, mas esse recurso não é uma novidade, afinal está presente nos aparelhos da LG desde o lançamento do LG G2.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O menu de atalhos rápidos juntamente com o Gerenciar Início (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Continuando a respeito do Gesto por Toque, temos a função de abrir aplicativos diretamente escrevendo uma das letras disponíveis (W, S, e, C, Z e V) com a tela desligada, para exemplificar, se definimos a letra C para Câmera, basta escrevermos a letra C na tela desligada que o aplicativo abrirá diretamente. O software presente no Zenfone 2 também é otimizado para oferecer a possibilidade de expansão de memória, você conseguirá salvar uma parte diretamente no cartão microSD e outra no armazenamento interno do dispositivo.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

A esquerda o Modo de Utilização com apenas uma mão e a direita a opção de Gesto por toque onde escrevemos uma letra com a tela desligada e o aplicativo que foi definitivo é aberto (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Damos menção honrosa para recursos como os Modos de Economia de Energia (abordados na parte da Bateria), o Gerenciamento da Memória RAM (que apesar de puxar 2GB de memória se demonstrou muito efetivo), o Modo Fácil e o Dual-Standby. Por vir equipado com o processador Intel Atom Z3580, as opções de ROMs personalizadas para o dispositivo são muito poucas, pois a Intel não oferece os drivers do SoC para os desenvolvedores, ela os vende.

Para finalizar temos um ponto que merece destaque, o ZenUI Instant Updates — que na prática vai manter os aplicativos que compõem a interface ZenUI sempre atualizados, com isso os desenvolvedores poderão tornar as atualizações disponíveis imediatamente, ou seja, isso vai evitar que o aparelho só receba as atualizações de software quando for receber as novas versões do Android.

[section label=”Bateria” anchor=”bateria”]

Zenfone 2 – Bateria

O ASUS Zenfone 2 tem uma bateria fixa de 3.000 mAh (miliampere hora) com a possibilidade de carregamento rápido por intermédio da tecnologia BoostMaster, e não é só isso, tanto o processador como o sistema operacional são otimizados para ter o melhor gerenciamento de energia possível.

O software do smartphone possuí quatro modos de economia de bateria, e eles são: Modo de Desempenho, Modo Equilibrado, Modo de Economia Inteligente e o Modo Ultra Econômico. Esses modos vão contribuir e muito com o gerenciamento da bateria do seu dispositivo, que pode ser ainda mais otimizada por meio do controle de aplicativos que iniciam automaticamente.

Sendo assim, o Zenfone 2 terá mais memória disponível, um desempenho de sistema bem melhor e isso vai refletir diretamente na duração de bateria do aparelho, ou seja, você poderá usar o dispositivo por muito mais tempo apenas mexendo em algumas configurações.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Controlando o modo de bateria do Zenfone 2 e utilizando os recursos disponíveis é possível fazer com que a bateria dure mais que 24 horas (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Agora que entramos na parte de controle de aplicativos, temos uma aplicação chamada Gerenciador de Auto-Início. A principal função desse aplicativo é liberar mais memória no aparelho, diminuindo assim a quantidade de bateria que o Zenfone irá puxar. Se utilizarmos essa ferramenta em conjunto com um dos modos de economia de bateria, podemos ultrapassar sem muitas dificuldades 24 horas de duração de bateria.

A ASUS também trouxe o recurso de carregamento rápido para o Zenfone 2, recurso esse que também está presente em alguns aparelhos do mercado de dispositivos móveis. A companhia taiwanesa informou que em apenas 39 minutos é possível carregar o aparelho do zero até 60%, o que foi comprovado nos testes que fizemos pois o tempo variou de 40/44 minutos, o que é uma marca realmente impressionante por conta dos 3.000 mAh de capacidade.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O Gerenciador de Auto-Inicio pode ajudar e muito na hora de economizar a bateria do Zenfone 2 (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

O adaptador para o carregamento rápido da tecnologia BoostMaster também está incluído na caixa do aparelho, e o Zenfone 2 não tem suporte para a tecnologia de carregamento sem fio, quando questionamos a falta desse recurso, foi informado que ele não foi incluído por dois motivos: o primeiro é que isso aumentaria o preço do aparelho, já o segundo é que essa nova tecnologia ainda é muito recente, e a grande sacada do aparelho é o carregamento rápido.

Porém, não foi descartada a possibilidade de um suporte para carregamento sem fio chegar para o Zenfone 2 futuramente, mas isso apenas o tempo nos dirá.

[section label=”Desempenho” anchor=”desempenho”]

Zenfone 2 – Desempenho

Agora vamos ao que interessa para muitos usuários, o Desempenho do smartphone, que é o primeiro aparelho do planeta a contar com 4GB de Memória RAM DDR3 trabalhando em conjunto com um processador da Intel.

Como já sabemos a ASUS tem uma parceria com a Intel, e existem pontos positivos e negativos em relação ao processador Intel, como reprodução de vídeos em 4K, Suporte a uma grande quantidade de memória RAM, mais segurança e um menor consumo de energia.

Mas para os usuários que gostam de usar ROMS customizadas isso pode ser um ponto negativo, afinal como já comentamos antes, as opções são praticamente nulas por conta da Intel vender os drivers do SoC.

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

Pontuação do Zenfone 2 no AnTuTu Benchmark (Foto: Reprodução/Mobile Bit)

Um ponto interessante é que o ASUS Zenfone 2 tem um desempenho muito fluído, sem travamentos ou engasgos, eu até mesmo consegui executar 5 jogos 3D simultaneamente com mais algumas aplicações. Isso se dá pelo motivo de que o Kernel foi otimizado para uma melhor performance, o que reflete claramente no desempenho do dispositivo ao abrir aplicações multi-tarefas, e sim, eu abri Modern Combat 5: Blackout.

No quesito de processamento gráfico, se compararmos com aparelhos como o LG G4 e o Galaxy S6, o ASUS Zenfone 2 consegue superar o novo top de linha da LG, perdendo apenas para o Galaxy S6 devido ao seu processamento gráfico ser superior.

Esse grande desempenho ocorre não somente pelo processador que é muito potente, mas também por conta de diversos fatores trabalhando em conjunto, como o software do dispositivo, o desempenho da tela e internet.

Para usuários que gostam de utilizar a Rádio FM (como o Jean Fernandes, aqui da equipe), o Zenfone 2 oferece o serviço, diferente de alguns aparelhos no mercado atual.

[section label=”Preço e Disponibilidade” anchor=”preco-e-disponibilidade”]

Zenfone 2 – Preço e Disponibilidade

ASUS Zenfone 2: Análise/Review do primeiro smartphone no país com 4GB de RAM

O ASUS Zenfone 2 foi lançado oficialmente no Brasil em duas variantes: Zenfone 2 e Zenfone 2 Deluxe. Existem apenas duas diferenças entre essas duas versões: o acabamento e o armazenamento interno. A versão normal (ZE550ML) tem uma variante com 4GB e 16GB de armazenamento interno, já a outra variante tem 4GB de memória RAM e 32GB de armazenamento, ambos os aparelhos possuem uma tela de 5,5 polegadas Full HD.

O ASUS Zenfone 2 Deluxe (ZE551ML) é uma versão para os usuários que estão procurando uma maior quantidade de memória interna e um acabamento diferenciado, já que ele traz uma mudança de design que a Asus desenvolveu com seus algoritmos chamada de Cristalino. O Zenfone 2 Deluxe também possuí 128 GB de armazenamento interno, 4GB de memória RAM e um display Full HD de 5,5 polegadas, logo abaixo você poderá conferir uma tabela com o preço e a disponibilidade dos novos modelos:

Modelo

Preço

ASUS Zenfone 2 (32GB de memória interna)R$1.499
ASUS Zenfone 2 (16GB de memória interna)R$1.299
ASUS Zenfone 2 (128GB de memória interna)R$1.999
ASUS ZenFlashR$99
ASUS LolliFlashR$49,99
ASUS ZenPowerR$89,99
ASUS ZenEarR$24,99

Os acessórios estão disponíveis na loja da ASUS a partir de hoje, para acessar a loja basta clicar aqui, e se você está interessado em comprar o ASUS Zenfone 2 poderá clicar no botão logo abaixo:

Clique aqui para comprar

[section label=”Conclusão” anchor=”conclusao”]

Zenfone 2 – Conclusão

O ASUS Zenfone 2 é um dos smartphones high-end que fará um grande alarde esse ano, mesmo com seus pontos negativos relacionados ao áudio, ausência de ROMs customizadas e uso com luz direta do sol o dispositivo traz um custo benefício jamais visto antes.

Os pontos positivos que fazem o aparelho ganhar tanto destaque ficam por conta do seu processador Intel Atom Z3580 64-bits quatro núcleos de 2,3Ghz, 4GB de RAM LPDDR3, os 3.000 Mah de bateria com carregamento rápido BoostMaster, armazenamento interno de 32GB com suporte a microSD de até 64GB, câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 5 megapixels.

Esse modelo só comprova que a ASUS está bem empenhada para trazer aparelhos com altíssima qualidade com um valor acessível, assim como ocorreu com o Zenfone 5, e o Zenfone 2 pode ser uma opção a se considerar caso você procure um aparelho potente.

Sobre o autor

Matheus Henrique é o Fundador e o Content Manager do Mobile Bit. Profissional na área de gerenciamento e criação de web sites na internet, também trabalha na publicação de notícias do site.
    Posts Relacionados
    Reviews

    Review do Alcatel 3C: Uma ótima opção de smartphone de entrada

    Reviews

    Review do ASUS Zenfone 5 (2018): Inteligência artificial e custo benefício

    Reviews

    Zenfone 5 - Primeiras Impressões do novo smartphone da ASUS

    Reviews

    Review do Kindle 8° - Ainda vale a pena comprar um E-Reader em 2018?

    10
    Comentários

    avatar
    6 Comment threads
    5 Thread replies
    0 Seguidores
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    7 Comment authors
    cassioMatheus HenriqueHelioAnneJean Fernandes Recent comment authors
      Inscrever  
    novos antigos Mais votados
    Notify of
    cassio
    Visitante
    cassio

    Primeiramente obrigado pelas informações! Parabéns pela matéria, foi direto ao ponto que precisamos saber, com uma linguagem acessível.

    Helio
    Visitante
    Helio

    Olá, estou interessado na compra do zenfone 2 16gb, mas soube que ele tem um processador de 1.8 ghz (no modelo de 32gb é de 2.3ghz), mas a minha dúvida é quanto a memória RAM. Todos os modelos tem 4gb de memória RAM??? Ou tem algum modelo com 2gb de memória RAM???
    Obrigado.

    Anne
    Visitante
    Anne

    Oi descobri agora o site de vcs e estou a 3 horas lendo tudo para decidir qual aparelho comprar. Eu tenho um Moto E primeira geração, e não curto, é lento demais, trava, não posso baixar aplicativos pq não tem memória suficiente, mesmo usando cartão SD, e a câmera então nem se fale, um horror. Antes tinha o Moto G e conseguia fazer tudo que queria, adorava, pena que perdi com 2 meses de uso e fui obrigada a comprar um baratinho, enfim. Minha dúvida está entre o Moto G 3 geração, pois já conheço a qualidade do fabricante. OU… Read more »

    Thamy
    Visitante
    Thamy

    Estou na maior dúvida de qual comprar o zenfone 2 ou o zenfone selfie…me ajudem por favor, vejo q os dois são otimos

    Jean Fernandes
    Membro
    Jean Fernandes

    Olá Thamy, seja bem vinda ao nosso site, tudo bem contigo? O que você prefere em um smartphone, mais potência para jogos ou uma câmera melhor? O Zenfone 2 pode tirar – excelentes fotos – mas o Zenfone Selfie tem foco a laser, o que evita que elas saiam borradas e aumenta a quantidade de detalhes nas fotos. Mas o Zenfone Selfie não é capaz de reproduzir todos os jogos da Play Store com os gráficos no máximo, diferente do Zenfone 2, porém, o Selfie vai ser capaz de rodar praticamente todos os jogos existentes na Play Store, mas aqueles… Read more »

    Thamy
    Visitante
    Thamy

    Muito obrigada pela ajuda acho q devido a explicação vou optar pelo selfie, não sou muito adepta de jogos então creio ser a melhor opção para mim. Obrigada mais uma vez,vcs são ótimos..

    Jean Fernandes
    Membro
    Jean Fernandes

    Que isso minha cara, nós que agradecemos pelos elogios ;)

    O Selfie é um excelente aparelho, agora que já aprendi tirar fotos mais decentes até estou me achando mais bonito kkkk

    Se tiver alguma dúvida sobre ele sinta-se a vontade para postar que iremos te ajudar na medida do possível.

    Jean – Equipe MB

    Fábio
    Visitante
    Fábio

    Parabéns a ASUS, não pensei duas vezes já encomendei o meu.

    Jean Fernandes
    Membro
    Jean Fernandes

    Irei dar alguns pequenos pareceres sobre o Z2.

    No geral gostei muito do design dele, principalmente da ergonomia do aparelho que se mostra muito confortável mesmo na hora de aumentarmos ou abaixarmos o volume.

    Ele é potente, roda tudo que há de melhor na Play Store e custa metade do preço dos outros smartphones top de linha, por que alguém iria optar por outro modelo?