Notícias

Huawei poderá retomar negócios com empresas norte-americanas

Como todos sabemos, a Huawei foi inclusa na lista negra de negócios dos Estados Unidos há algum tempo, e desde então não pôde mais negociar com as empresas do país. Porém, o governo norte-americano voltou atrás de sua decisão.

Desde que as restrições impostas à Huawei começaram, a fabricante passou por uma série de problemas, começando pelo fato de que não poderia utilizar o sistema Android, isso sem falar de tantas outras empresas norte-americanas com as quais não poderia negociar, como a Qualcomm e a Microsoft.

Contudo, após a reunião do G20 no Japão, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou com o presidente da China, Xi Jinping, e como resultado, a China se comprometeu em realizar uma grande compra de produtos agrícolas dos EUA.

Huawei poderá retomar negócios com os EUA.
Em breve a Huawei poderá voltar a negociar com empresas norte-americanas, como a Qualcomm e a Google. (Foto: Divulgação)

“As empresas dos EUA podem vender seus equipamentos para a Huawei. Estamos falando de equipamentos onde não há grandes problemas de segurança nacional.”

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos

Apesar do posicionamento do presidente dos EUA ter mudado, ainda não está claro qual será a decisão final, mas é provável que a Huawei volte a adquirir componentes básicos, o que inclui os processadores da Qualcomm e o sistema Android, da Google.

Apesar da boa notícia, a Huawei segue na lista negra de negócios norte-americana, pois apesar do pronunciamento do presidente, ainda não foi tomada uma decisão formal sobre o caso, e as discussões entre EUA e China ainda estão em andamento.

Em todo caso, os dois países estão avançando positivamente nas negociações para encerrar sua guerra comercial, que já vem se estendendo há meses.

“Tivemos uma reunião muito boa com o presidente Xi, da China, excelente, eu diria excelente, tão bom quanto poderia ser. […] Nós discutimos muitas coisas e estamos de volta aos trilhos, veremos o que acontece.”

Donald Trump à BBC

O retorno das negociações da Huawei com as empresas norte-americanas dependerá da rapidez com que os EUA suspenderá sua proibição sobre a marca, pensando positivamente, isso pode levar apenas alguns dias.

Huawei será removida da lista negra de negócios dos EUA.
A Huawei poderá ser removida da lista negra de negócios dos EUA nos próximos dias. (Foto: Divulgação)

Vale ressaltar que, ainda que a proibição sobre a Huawei seja totalmente suspensa nos próximos dias, seu efeito para a fabricante chinesa e em um setor mais amplo, será duradouro.

De acordo com a companhia, sua receita em 2019 será US$ 30 bilhões abaixo do estimado, isso por conta de todos os problemas ocasionados pela proibição dos EUA.

Além disso, é provável que o objetivo da Huawei de tornar-se a número um no mercado de smartphones até 2020, ultrapassando a Samsung, possa levar um pouco mais de tempo.

A fabricante ainda não fez nenhuma declaração sobre o assunto, mas em breve surgirão novas informações sobre o caso, e nós nos manteremos atualizados.

Fonte: Android Authority

Sobre o autor

Matheus Henrique é o Fundador e o Content Manager do Mobile Bit. Ele é um profissional da área de gerenciamento e criação de web sites na internet.
    Posts Relacionados
    Notícias

    Vivo iQOO Neo 2 tem especificações reveladas em teste de benchmark

    GamesNotícias

    Apple Arcade recebe mais cinco jogos para iPhone, iPad e Apple TV

    Notícias

    iPadOS 13.2 Beta 2: Distribuição é suspensa após problemas no iPad Pro

    Notícias

    Xiaomi está desenvolvendo smartphone com tela de 120 Hz e Android 10

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *