Sony revela novo sensor de câmera Lytia LYT-900 de 50 megapixels

Matheus Henrique - Editor
Sony-LYT-900-camera-sensor-announced

A Sony fez um anúncio discreto, mas significativo, ao oficializar o lançamento do seu novo sensor de câmera, o Lytia LYT-900 de 50 megapixels. A divulgação foi realizada através de uma postagem na rede social chinesa Weibo, onde foram compartilhados os primeiros detalhes deste sensor destinado aos modelos mais avançados de smartphones.

O Sony Lytia LYT-900 vem cercado de expectativas, principalmente pela promessa de elevar o padrão fotográfico em smartphones top de linha, como o Xiaomi 14 Ultra e o OPPO Find X7 Pro. Este sensor é visto como um avanço significativo para a fotografia móvel, oferecendo capacidades de imagem de alta qualidade.

Tecnologia e Especificações

Como carro-chefe da linha LTT da Sony, o Lytia LYT-900 possui características notáveis. Ele tem um sensor de uma polegada de 50 megapixels com pixels medindo 1,6μm, resultando em um tamanho diagonal de cerca de 16,394 milímetros.

lyt 900

O sensor adota uma tecnologia CMOS empilhada, com duas camadas distintas, uma para o transistor e outra para o fotodiodo. Essa configuração permite uma captação de luz superior, produzindo imagens excepcionais, especialmente em condições de baixa iluminação.

Existem rumores de que o LYT-900 é uma versão aprimorada do Sony IMX989, que já é utilizado em dispositivos como o Xiaomi 13 Ultra e vivo X90 Pro.

A Sony planeja divulgar a ficha técnica completa do LYT-900 em breve, oferecendo mais detalhes sobre suas capacidades e melhorias.

Presença nos smartphones em 2024

Embora o primeiro smartphone a incorporar o Sony LYT-900 ainda não tenha sido oficialmente revelado, rumores indicam que poderá ser o OPPO Find X7 Pro, previsto para janeiro.

Além do sensor principal, espera-se que este dispositivo inclua um módulo quádruplo de câmera com uma lente ultra-wide de 50 megapixels e duas telefotos com zoom óptico de 3x e 6x.

Outros modelos como o Xiaomi 14 Ultra e o vivo X100 Pro Plus também são candidatos potenciais a utilizar o novo sensor, com lançamentos previstos para o próximo ano e meados de 2024, respectivamente.

Compartilhe
local gravatar
Por Matheus Henrique Editor
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.