E3 chega ao seu fim após quase três décadas

Matheus Henrique - Editor
e3 oficialmente cancelada

A E3 foi oficialmente cancelada, marcando o fim de quase três décadas de história. A decisão foi anunciada pela Entertainment Software Association (ESA) nesta terça-feira (12), com um comunicado do presidente e CEO Stanley Pierre-Louis ao The Washington Post.

Desde seu início em 1995, a E3 se estabeleceu como um evento central para a indústria de videogames, tanto nos Estados Unidos quanto globalmente. Seu primeiro cancelamento ocorreu em 2020 devido à pandemia de covid-19, seguido por outro cancelamento em 2022.

Planos Cancelados

Embora houvesse expectativas de um retorno da E3 em 2023, esses planos foram desfeitos. Em setembro, a ESA já havia cancelado a E3 de 2024, sugerindo um evento “totalmente reinventado” para daqui a dois anos. Entretanto, três meses após esse anúncio, a organização optou pelo encerramento definitivo da feira.

A decisão foi influenciada pela saída de grandes empresas do setor, como Microsoft, Nintendo e Ubisoft, que optaram por não participar da E3 2023. Esse movimento se assemelha ao que ocorreu com a Brasil Game Show (BGS), que também enfrentou desafios com a ausência de grandes nomes do setor.

e3 chega ao fim

O cancelamento da E3 está ligado a várias razões, incluindo mudanças no ciclo de desenvolvimento devido à pandemia, a decisão de algumas empresas de não mais participar da feira e a tendência de grandes companhias realizarem seus próprios eventos.

TAGS:
Compartilhe
local gravatar
Por Matheus Henrique Editor
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.