Apple Vision Pro começa a ser vendido hoje nos Estados Unidos a partir de US$ 3.699

Matheus Henrique - Editor
apple vision pro estados unidos

A Apple inicia oficialmente as vendas do Vision Pro, seu aguardado headset de realidade mista, nesta sexta-feira (02).

Por enquanto, o dispositivo está disponível exclusivamente nos Estados Unidos, com um estoque limitado.

Interessados no Apple Vision Pro têm a oportunidade de experimentar o dispositivo por até 25 minutos antes de confirmar a compra, oferecendo uma prévia imersiva das capacidades únicas do headset.

Consumidores que aproveitaram a pré-venda já podem retirar seus aparelhos, marcando o início de uma nova era em experiências de realidade mista.

Preço e Armazenamento

apple vision pro lancamento

O preço inicial do Apple Vision Pro é de US$ 3.499, cerca de R$ 17,1 mil em conversão direta, para a versão com 256 GB de armazenamento. Modelos com capacidades maiores, de 512 GB e 1 TB, estão disponíveis por US$ 3.699 e US$ 3.899, respectivamente. A Apple também oferece o seguro AppleCare+ por um valor adicional de US$ 499, garantindo uma cobertura de dois anos.

Além disso, a empresa comercializa lentes personalizadas com prescrição médica da Zeiss por US$ 149, adaptando o dispositivo às necessidades visuais específicas dos usuários.

Recepção

apple vision pro aplicativos

Embora a Apple não tenha divulgado números oficiais de venda, estima-se que cerca de 180 mil unidades foram vendidas durante a pré-venda, um volume considerado modesto para os padrões da Apple, mas compatível com as expectativas para um produto de alto custo em um segmento de nicho.

As análises iniciais, realizadas por jornalistas e influenciadores nos EUA que tiveram acesso antecipado ao Vision Pro, são majoritariamente positivas. O headset é aclamado por oferecer uma experiência imersiva sem precedentes em entretenimento e produtividade.

Contudo, o dispositivo não está isento de críticas, como a necessidade de uma bateria externa pesada e de vida útil limitada, além de um aplicativo de videochamadas considerado limitado em termos visuais e funcionais.

A ausência de plataformas populares de streaming, como a Netflix, no lançamento foi notada como um ponto de melhoria. No entanto, a Apple já anunciou a adição de 600 novos aplicativos e jogos projetados especificamente para o Vision Pro

Compartilhe
local gravatar
Por Matheus Henrique Editor
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.