Google Bard agora é Gemini; saiba o que muda além do nome

google gemini

O Google anunciou nesta quinta-feira (8) a mudança de nome de seu chatbot Bard e do Duet AI para Gemini. A empresa descreve essa atualização como “o novo capítulo” para sua inteligência artificial (IA), introduzindo também a versão Gemini Ultra 1.0, a mais avançada do seu modelo de linguagem (LLM), já disponível ao público.

O Gemini mantém as funcionalidades já conhecidas do Bard e do Duet AI, incluindo suporte a mais de 40 idiomas. Está disponível para download na Play Store, permitindo aos usuários definir o Gemini como assistente virtual padrão em dispositivos móveis Android, substituindo o Google Assistente tradicional. A ativação pode ser feita por comando de voz “Ok, Google” ou pressionando a tecla “Início” por um tempo prolongado.

No entanto, ainda não existe um aplicativo específico do Gemini para iOS. Usuários de dispositivos Apple podem acessar algumas funcionalidades da IA através do aplicativo Google, especialmente para assistência em pesquisas na web.

Introdução do Gemini Advanced

Junto com a renomeação, o Google lançou o Gemini Advanced, uma versão paga da IA integrada ao plano mais caro do Google One, denominado Google One AI Premium. Esta versão avançada promete interações mais ágeis, capacidade de manter conversas por períodos mais longos e habilidade para lidar com prompts mais complexos, seja em programação ou raciocínio lógico.

Assinantes do plano também recebem 2 TB de armazenamento no Google Drive, entre outras vantagens do Google One.

O serviço já está disponível no Brasil, com a assinatura do Google One AI Premium custando R$ 96,99 por mês. A empresa oferece ainda dois meses de experimentação gratuita.

google gemini apresentacao

A plataforma anteriormente conhecida como Duet AI agora é chamada de Gemini for Workspace, mantendo suas capacidades de auxiliar na redação de e-mails e na geração de ideias para usuários da suíte Google (Docs, Gmail, Planilhas e Meet).

Disponibilidade

O Gemini já pode ser acessado em várias regiões, incluindo o Brasil. Está disponível para download para dispositivos Android na Play Store ou pode ser acessado via web no site oficial da plataforma.

Compartilhe
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.