Google anuncia novos recursos de segurança para o Android em caso de roubo

google seguranca android 15

O Google revelou uma série de novos recursos de segurança para o Android, com destaque para o Theft Detection Lock (Bloqueio de Detecção de Roubo, em tradução livre), que utiliza inteligência artificial (IA) para identificar se o celular foi retirado da mão do usuário de forma abrupta.

Essas novas funcionalidades foram introduzidas com o Android 15, mas também estarão disponíveis para modelos a partir do Android 10 ou posterior, com lançamento previsto até o final de 2024.

Theft Detection Lock

theft protection oficial

O Theft Detection Lock é uma inovação que promete aumentar significativamente a segurança dos dispositivos Android. A ferramenta detecta se o celular foi retirado da mão do usuário repentinamente, situação comum em roubos envolvendo bicicletas, motocicletas e o famoso “bote”, onde alguém pega o aparelho e sai correndo. Ao identificar essa situação, a IA bloqueia a tela automaticamente, impedindo que o criminoso acesse o aparelho.

Bloqueio de dispositivos offline

Outro recurso anunciado é o Offline Device Lock (Bloqueio de Dispositivo Offline, em tradução livre). Esse recurso permite bloquear a tela do celular mesmo quando ele está desconectado da internet, caso haja tentativas de autenticação suspeitas. Essa funcionalidade garante uma camada adicional de segurança, protegendo os dispositivos mesmo em situações onde não há conexão disponível.

Site android.com/lock

O Google também introduziu o site android.com/lock, que oferece uma nova maneira de bloquear celulares roubados utilizando outro aparelho. Para utilizar a ferramenta, basta digitar o número de telefone do dispositivo roubado, passar por um processo de segurança do Google e desativar o smartphone. Além disso, será necessária uma autenticação para redefinir o telefone, adicionando mais uma camada de proteção contra acessos não autorizados.

Pasta segura e aprimoramentos no Play Protect

Adicionalmente, o Android permitirá que os usuários escondam aplicativos e arquivos importantes em uma “pasta segura”, protegida por uma senha extra. Isso oferece uma proteção adicional para informações sensíveis, garantindo que apenas o usuário autorizado possa acessá-las.

O Google também anunciou melhorias no Play Protect, o sistema de segurança que monitora aplicativos no Android. Com a atualização, apps considerados perigosos serão enviados para uma análise mais rigorosa realizada pelo Google, aumentando a proteção contra softwares maliciosos.

Compartilhe
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.