AMD lança novos processadores Ryzen 9000 com arquitetura Zen 5 na Computex 2024

Matheus Henrique - Editor
computex 2024 amd ryzen 9000

Na noite de domingo (02), a AMD inaugurou a Computex 2024 anunciando sua nova linha de processadores para desktops, a série Ryzen 9000, que incorpora a arquitetura Zen 5.

Com o codinome Granite Ridge, esses novos chips trazem várias melhorias em relação à geração anterior, incluindo um aumento de 16% no IPC (instruções por ciclo) em comparação com os processadores Zen 4.

Os processadores Ryzen 9000 são sucessores da série Ryzen 7000 e utilizam o soquete AM5, plataforma lançada pela AMD em 2022. Inicialmente, a AMD prometeu suporte para o AM5 até 2025, mas agora anunciou que esse suporte será estendido até pelo menos 2027.

Os principais modelos da nova linha incluem:

  • Ryzen 9 9950X
  • Ryzen 9 9900X
  • Ryzen 7 9700X
  • Ryzen 5 9600X

Esses modelos mantêm a mesma quantidade de núcleos e threads dos seus antecessores, bem como a mesma quantidade de cache. No entanto, eles apresentam uma significativa redução no TDP (Thermal Design Power).

O Ryzen 9 9900X teve uma redução de 50 W, enquanto os Ryzen 7 9700X e Ryzen 5 9600X tiveram uma redução de 40 W, tornando-os mais eficientes em termos de consumo de energia e resfriamento.

Vantagens da arquitetura Zen 5

melhorias arquitetura zen 5

A arquitetura Zen 5 dos novos processadores Ryzen 9000 traz várias inovações:

  • Aumento de 16% no IPC: Melhorando o desempenho por ciclo de clock.
  • Tecnologia de fabricação de 4 nm da TSMC: Proporcionando maior eficiência energética e menor produção de calor.
  • Maior largura de banda de dados: Dobro da largura de banda entre os caches L2 e L1 e entre o L1 e a unidade de ponto flutuante.
  • Desempenho aprimorado em IA e AVX-512: Dobrando o desempenho em tarefas baseadas em inteligência artificial e instruções AVX-512.

A AMD também introduziu dois novos chipsets, o X870 e o X870E, que suportam USB 4.0 e PCIe Gen 5 para GPUs e SSDs. Essas novas placas-mãe também oferecerão suporte a memórias mais rápidas, criando uma plataforma robusta e de alta performance para os novos processadores.

Compartilhe
local gravatar
Por Matheus Henrique Editor
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.