Sem reparo gratuito: Apple muda política para conserto de telas do iPhone na garantia

Matheus Henrique - Editor
iphone 15 tela reparo

A Apple recentemente implementou uma mudança significativa na sua política de reparos para modelos de iPhone e Apple Watch nos Estados Unidos. Agora, dispositivos que apresentem rachaduras na tela não terão mais a troca gratuita do componente, mesmo se ainda estiverem dentro do período de garantia de um ano após a compra.

Com a nova política, dispositivos com telas rachadas serão classificados como “danos acidentais”, o que implica no pagamento de uma taxa específica para o serviço de reparo. Anteriormente, em algumas regiões, pequenas rachaduras, como aquelas com a espessura de um fio de cabelo, poderiam ser consertadas sem custo adicional, desde que não houvesse outros defeitos no aparelho.

No entanto, a Apple agora considera toda rachadura na tela como um dano acidental, que requer pagamento para substituição.

E os outros países?

iphone 15 e 15 plus tela qualidade

Essa mudança nos Estados Unidos alinha as normas de reparo com o que já é praticado em outros países, incluindo o Brasil, onde a Apple já nega a troca gratuita de telas rachadas sob a justificativa de que “danos acidentais não estão cobertos pela garantia Apple”. Nos EUA, a mudança foi comunicada através de memorandos enviados para todas as unidades de serviço autorizado, incluindo as lojas Apple Store.

Aplicação da nova política

As alterações são aplicáveis apenas aos modelos de iPhone e Apple Watch. Outros produtos da Apple, como iPads e Macs, continuam a ter reparos gratuitos, pelo menos por enquanto. Apesar da mudança, a Apple não divulgou os motivos específicos que levaram à alteração das regras de garantia.

Observadores nos EUA notaram que, mesmo antes da mudança, a aplicação das políticas de reparo não era uniforme, com algumas unidades oferecendo a troca gratuita e outras cobrando pelo serviço.

Até o momento, a Apple não se pronunciou oficialmente sobre a mudança nas políticas de reparo e ainda não está claro se essa alteração é definitiva ou se será aplicada em todos os mercados globais. Com isso, os usuários devem estar atentos às novas regras e considerar a contratação do AppleCare+ para evitar despesas inesperadas com reparos.

Compartilhe
local gravatar
Por Matheus Henrique Editor
Me Siga:
Matheus Miranda é jornalista especializado em tecnologia e fundador do Mobile Bit. Desde 2013, ele dedica-se a reportar as últimas novidades do universo de smartphones e dispositivos eletrônicos, oferecendo ao público análises aprofundadas e cobertura atualizada dos principais desenvolvimentos do setor.