Tecnologia

Pageglow – uma “lâmpada” portátil para seus livros

Muitos não são adeptos as novas tecnologias e aos e-readers, leitores de livros digitais similares a tablets, mas com telas de e-ink que não fazem mal a visão e se assemelham muito ao papel.

Alguns argumentam que eles são ecologicamente mais corretos por que não poluem o meio ambiente, não desmatam árvores e que num aparelho desses podemos armazenar milhares de livros, economizando assim espaço precioso em nossas estantes.

Pageglow - e-reader ou livros

E-readers quebram um galho e tanto, são bem mais leves e práticos que livros, apesar de que não dispenso sentir o papel sobre os dedos. (Foto: Moblog)

Nesse ponto eu ficarei no meio termo, admito que amo usar aparelhos para ler livros, por que são bem práticos, mas a sensação de carregar um livro consigo pelas ruas, sentar em algum lugar e ver as pessoas puxarem assunto contigo sobre o livro é algo único e que um e-reader dificilmente proporcionará, afinal, por que alguém diria “já li esse e-reader” ou “tenho esse e-reader” ?

Stan Lee, criador de Homem Aranha, Hulk e diversas outras personagens da Marvel disse o seguinte sobre a migração das hq’s (ou “gibis” de heróis) para formatos digitais como o cbr:

Stan Lee

“HQ’s são como peitos, é bom vê-los no computador, mas prefiro tê-los em minhas mãos e senti-los.” (Foto: Spider Wikia)

Não retiro o mérito do Stan Lee, nosso vovô que fará 92 anos nesse domingo, mas as controvérsias são grandes entre os leitores e foi pensando no público que não gosta de e-reader, mas tem vontade de ler a noite que a Amazon pode ter a solução para você: um aparato um pouco estranho chamado PageGlow (página brilhante ou brilho de página em tradução livre).

Sugestão da casa para você: Os melhores aplicativos para ler no seu tablet ou smartphone

O aparato se assemelha a uma tábua de vidro para cortar carne, é fino, tem um grampo para prender-se ás páginas e um suporte para as mãos.

PageGlow

O PageGlow pode ‘servir como uma luva’ para quem não quer ficar dependendo de abajures para ler a noite. (Foto: Divulgação)

O PageGlow é feito com lâmpadas de LED, que podem ser reguladas em três níveis de brilho. O aparato  está disponível em duas versões, uma que utiliza três pilhas AAA, a segunda espessura mais fina de pilhas, e outra versão carregável através dum cabo usb. Ambas medem 18×13 cm e saem respectivamente por 23,24 US$ (cerca de 62 R$) e 29,95 US$ (cerca de 80 R$).

Creio que esse aplicativo é um quebra galho e tanto para muitos, só tem um problema, deve ser incômodo para a leitura de livros de bolso, pequenos por natureza. Só vou descobrir quando testar um ou ler relatos de usuários dele. Por enquanto o PageGlow ficará na lista de espera, ainda tenho muitos ebooks para ler.

Fonte: Coolest Gadgets

Sobre o autor

Olá nobre visitante, seja bem vindo, meu nome é Jean e nasci nas sombras da Grande SP, amada terra da garoa. Não sei bem se foi 'o mundo', ou meu jeito introvertido de ser, que me tornou alguém mais antenado em tecnologia, mas sempre gostei de ler sobre novidades da área e desde 2013 passei para o outro lado, o que conta as histórias. Fico feliz que você às tenha lido, volte sempre ;)
    Posts Relacionados
    Tecnologia

    TIM: Operadora está em nova parceria com plataforma Descomplica

    Tecnologia

    Windows 10 Insider - Recurso HyperV chega para mais processadores

    Tecnologia

    Procurando uma Smart TV 4K? Conheça os benefícios das TVs Samsung

    NotíciasTecnologia

    O que é VoLTE? Saiba para que serve isso no seu smartphone

    Comentários

    avatar
      Inscrever  
    Notify of