Tecnologia

Galaxy S8: Samsung começa produção em massa do Exynos 8895 à 10 nanometros

A linha de processadores portáteis Exynos conquistou uma grande quantidade de usuários em todo o mundo e é capaz de bater de frente com concorrentes de renome como a Qualcomm e a MediaTek, mas isso não é suficiente. Agora a gigante sul-coreana está trazendo mais novidades para o seu chipset.

Aparentemente a Samsung iniciou a produção massiva de um novo chipset usando arquitetura de 10 nanômetros. Para efeito de comparação, a atual conjectura da empresa é em 14 nanômetros e é a melhor estrutura disponível em seu respectivo mercado.

O chipset que pode ser chamado de Exynos 8895 e herda as características do Exynos 8890, mas é claro, o superando. O que se espera é que o Galaxy S8 chegue embalado com o novo processador, o que é bastante justo levando em conta que este será o novo flagship da gigante e ficará encarregado que deixar no passado todo o transtorno e perdas ocasionado pelo Note 7.

A companhia descreve a peça produzida à 10 nanômetros como a primeira desse tipo na indústria, isso além de utilizar técnicas de ponta, um exemplo disso seria padronização tripla para permitir que o roteamento bidirecional. Ao que tudo indica o componente chegará no primeiro trimestre do próximo ano ao ser apresentado o novíssimo Galaxy S8.

Segundo rumores o novo Exynos 8895 irá consumir menos 40% de energia o que fará com que a autonomia geral dos aparelhos que o utilizarem aumente, mas isso não significa que o produto irá perder em desempenho, pois o novo chipset terá capacidade de processamento 27% maior do que o seu antecessor, e vale lembrar que este último é um dos mais rápidos da atualidade.

A Samsung iniciou a fabricação em massa do seu novo chipset, o Exynos 8895. (Foto: Divulgação/Next Power Up)

A Samsung iniciou a fabricação em massa do seu novo chipset, o Exynos 8895. (Foto: Divulgação/Next Power Up)

A Qualcomm também irá trabalhar lado a lado com a Samsung para produzir o Snapdragon 830, que também será feito em 10 nanômetros, e ambas as peças irão fazer parte das variantes do Galaxy S8, lembrando que o dispositivo contará com tela de resolução em 4K, o que vai exigir muita potência. O presidente executivo dos negócios da Samsung, Shik Yoon, comentou a respeito da novidade.

“A primeira produção em massa da tecnologia de 10 nanômetros FinFET na indústria demonstra nossa liderança no processo avançado da tecnologia. Nós continuaremos com os nossos esforços para inovar as tecnologias de escalonamento e oferecer soluções totalmente diferenciadas para nossos consumidores.”

Dentre todas as novidades que veremos no próximo ano, parece que também teremos boas notícias no mercado de chipsets portáteis como pudemos notar, visto que a Samsung está focando em criar soluções que juntem velocidade com economia de energia, vamos aguardar para ver o que mais vem por aí.

E aí, o que espera do Galaxy S8? Comente!

Fonte: V3

Sobre o autor

Matheus Henrique é o Fundador e o Content Manager do Mobile Bit. Profissional na área de gerenciamento e criação de web sites na internet, também trabalha na publicação de notícias do site.
    Posts Relacionados
    Tecnologia

    TIM: Operadora está em nova parceria com plataforma Descomplica

    Tecnologia

    Windows 10 Insider - Recurso HyperV chega para mais processadores

    Tecnologia

    Procurando uma Smart TV 4K? Conheça os benefícios das TVs Samsung

    NotíciasTecnologia

    O que é VoLTE? Saiba para que serve isso no seu smartphone

    Comentários

    avatar
      Inscrever  
    Notify of